Páginas

quarta-feira, 23 de março de 2011

Passar esmalte no brinco melhora mesmo a alergia?

Foto: Getty Images
Se você sofre com coceira e vermelhidão ao usar algum acessório de metal, é sinal de que tem alergia ao níquel , metal leve e barato largamente usado na confecção de bijuterias. Segundo o dermatologista Leandro Sodré, em entrevista à revista CAPRICHO, “esse problema é uma predisposição genética. Portanto, quem nasce com ele, vai ter sempre”. E nesses casos, a melhor solução é mesmo manter distância de tais objetos.
Entretanto, apesar de tal conselho, ainda resta a dúvida sobre a possibilidade de enganar de alguma forma a reação alérgica.  Nesse momento, o que vem à cabeça é a velha sugestão de cobrir o objeto com esmalte incolor. Mas será mesmo que isso funciona?
De acordo com Leandro e com a dermatologista Bianca Maldaun, em entrevista à revista VIVA!MAIS, uma vez ou outra é possível, sim, recorrer a tal recurso. Isso porque o esmalte isola o metal e impede que a alergia venha à tona. Mas não abuse. “Esses artifícios devem ser usados só durante uma festa, por exemplo”, alerta o médico.
Para dar um fim definitivo ao problema, procure por brincos de ouro que tenham tarraxas feitas com o mesmo metal ou bijuterias encontradas em lojas de produtos para alérgicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

quarta-feira, 23 de março de 2011

Passar esmalte no brinco melhora mesmo a alergia?

Foto: Getty Images
Se você sofre com coceira e vermelhidão ao usar algum acessório de metal, é sinal de que tem alergia ao níquel , metal leve e barato largamente usado na confecção de bijuterias. Segundo o dermatologista Leandro Sodré, em entrevista à revista CAPRICHO, “esse problema é uma predisposição genética. Portanto, quem nasce com ele, vai ter sempre”. E nesses casos, a melhor solução é mesmo manter distância de tais objetos.
Entretanto, apesar de tal conselho, ainda resta a dúvida sobre a possibilidade de enganar de alguma forma a reação alérgica.  Nesse momento, o que vem à cabeça é a velha sugestão de cobrir o objeto com esmalte incolor. Mas será mesmo que isso funciona?
De acordo com Leandro e com a dermatologista Bianca Maldaun, em entrevista à revista VIVA!MAIS, uma vez ou outra é possível, sim, recorrer a tal recurso. Isso porque o esmalte isola o metal e impede que a alergia venha à tona. Mas não abuse. “Esses artifícios devem ser usados só durante uma festa, por exemplo”, alerta o médico.
Para dar um fim definitivo ao problema, procure por brincos de ouro que tenham tarraxas feitas com o mesmo metal ou bijuterias encontradas em lojas de produtos para alérgicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário