Páginas

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Cuidados no outono/inverno com a pele

Oiie honeys, hoje vim falar de um assunto sério a pele.Enganam-se quem acredita que nas estações de temperaturas frias, como o Outono/Inverno os cuidados com a pele são desnecessários. Sobretudo após uma exposição vinda de um rigoroso Verão, em que as temperaturas oscilaram entre 28 e 32 graus centigrados, nas regiões Sul e Sudeste. E os termômetros nas demais regiões alcançaram os 42 graus. Isso sem contar com fatores como a poluição e a desidratação natural da pele. Por esses motivos, a esteticista e Personal Beautician, Eva Litvak Vaie, alerta para os cuidados com a pele nessas estações. “Durante essas estações, e, sobretudo no Inverno, a reduzida umidade do ar, o frio, o vento, e a poluição, nos obriga a redobrarmos os cuidados com a hidratação e nutrição da pele”, informa. Segundo a Personal Beautician, que tem mais de 20 anos de experiência, a pele mais ressecada está mais propensa às descamações e outros problemas.


Ela sugere medidas práticas e fáceis de serem adotadas, para minimizar os problemas de ressecamentos, entre outros: “é indispensável tomar de l,5 a 2,0 litros de água por dia,  pois nenhum cosmético tem o poder de repor a água da pele; e comer mais frutas e hortaliças, alimentos esses com maior concentração de água, como abobrinha, pepino, chuchu, laranja e melão, são dicas que podem ajudar, e muito, no tratamento da pele”, afirma.


Outras dicas dizem respeito a evitar banhos muito quentes, pois eles removem a camada de proteção natural da pele, além da necessidade de utilizar sabonetes que tenham substâncias hidratantes e calmantes. “Dê preferência aos usados para bebês, pois o pH é mais neutro”, completa. Segundo ela, mesmo nessas estações “é importantíssimo o uso de protetor solar”.


Para os que necessitam ou querem fazer um tratamento para aumentar os cuidados com a pele (seja facial ou corporal) Eva Litvak Vaie avalia que esses meses são ideais para Peelings químicos superficiais em série, realizados com pequenos intervalos de tempo. “São excelentes alternativas para deixar a pele jovem e hidratada, melhorando a textura, clareando manchas, amenizando as rugas finas, e estimulando a renovação do colágeno”, sugere. Ela defende, nesses casos, o uso de ácidos com pH controlado e nas concentrações determinadas pelos fabricantes sob autorização da ANVISA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Cuidados no outono/inverno com a pele

Oiie honeys, hoje vim falar de um assunto sério a pele.Enganam-se quem acredita que nas estações de temperaturas frias, como o Outono/Inverno os cuidados com a pele são desnecessários. Sobretudo após uma exposição vinda de um rigoroso Verão, em que as temperaturas oscilaram entre 28 e 32 graus centigrados, nas regiões Sul e Sudeste. E os termômetros nas demais regiões alcançaram os 42 graus. Isso sem contar com fatores como a poluição e a desidratação natural da pele. Por esses motivos, a esteticista e Personal Beautician, Eva Litvak Vaie, alerta para os cuidados com a pele nessas estações. “Durante essas estações, e, sobretudo no Inverno, a reduzida umidade do ar, o frio, o vento, e a poluição, nos obriga a redobrarmos os cuidados com a hidratação e nutrição da pele”, informa. Segundo a Personal Beautician, que tem mais de 20 anos de experiência, a pele mais ressecada está mais propensa às descamações e outros problemas.


Ela sugere medidas práticas e fáceis de serem adotadas, para minimizar os problemas de ressecamentos, entre outros: “é indispensável tomar de l,5 a 2,0 litros de água por dia,  pois nenhum cosmético tem o poder de repor a água da pele; e comer mais frutas e hortaliças, alimentos esses com maior concentração de água, como abobrinha, pepino, chuchu, laranja e melão, são dicas que podem ajudar, e muito, no tratamento da pele”, afirma.


Outras dicas dizem respeito a evitar banhos muito quentes, pois eles removem a camada de proteção natural da pele, além da necessidade de utilizar sabonetes que tenham substâncias hidratantes e calmantes. “Dê preferência aos usados para bebês, pois o pH é mais neutro”, completa. Segundo ela, mesmo nessas estações “é importantíssimo o uso de protetor solar”.


Para os que necessitam ou querem fazer um tratamento para aumentar os cuidados com a pele (seja facial ou corporal) Eva Litvak Vaie avalia que esses meses são ideais para Peelings químicos superficiais em série, realizados com pequenos intervalos de tempo. “São excelentes alternativas para deixar a pele jovem e hidratada, melhorando a textura, clareando manchas, amenizando as rugas finas, e estimulando a renovação do colágeno”, sugere. Ela defende, nesses casos, o uso de ácidos com pH controlado e nas concentrações determinadas pelos fabricantes sob autorização da ANVISA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário